Coletivo Espaço Urbano | contato@ceuarquitetos.com.br                          

Casa Campestre

2015
Santo André, SP

Equipe:

André Guerra

Jhonny Rezende

Nathália Grippa


Uma sociedade em permanente transformação sugere diferentes abordagens sobre o habitar nas grandes cidades, a casa se torna fonte de lazer e ao mesmo tempo de refúgio. Para um casal símbolo destas novas necessidades o programa era bem claro, os espaços de convivência deveriam ser abundantes e flexíveis.
A área de intervenção, situada no Bairro Campestre, em Santo André, representa o lote comum da região metropolitana de São Paulo, comprido, estreito e por muitas vezes, com topografia importante a ser considerada.
Pensamos a casa além dos padrões comuns ás habitações convencionais, mas sim como mote de lazer, suprimir espaços funcionais para que se aproveite ao máximo as áreas que tornam o ambiente agradável a convivência. Vista de fora a casa é fechada em sua discrição em relação ao bairro, sendo aberta para dentro de si, não como cômodos particionados, mas sim como elementos que se dissolvem entre si formando um todo, contando com vegetação agradável as áreas de lazer.
A topografia é tratada de forma a suavizar os desníveis de 3m entre entrada e chegada ao estar, ganhando patamares que são espaços flexíveis de lazer assim como um embasamento, elemento forte, de concreto pigmentado, que faz a relação do vão de acesso a residência de fato. Estar e Cozinha estão integrados entre si buscando um espaço funcional, ainda que deixando o preparo dos alimentos protegidos. O ateliê do casal, área que pode estar completamente aberta a vegetação, interliga os quartos de casal e de hóspedes e conforma o bloco da piscina, que se encontra ao nível superior do mesmo, junto ao solário, tendo este máximo aproveitamento da luz do dia, um pedido do casal.